Visita do Museu das Pescas da Moçambique

















No âmbito de uma colaboração já anteriormente iniciada, no dia 11 de junho, o Museu Dr. Joaquim Manso recebeu uma comitiva do Museu das Pescas de Moçambique, projeto em organização e com edifício a ser brevemente inaugurado em Maputo.

O grupo era composto por Larsen Vales, coordenador do projeto, por Cassimo Marojo e por Manuel Luís Gonçalves, ex-presidente do Fundo de Fomento Pesqueiro do Governo de Moçambique, o grande impulsionador desta ideia que conta já com cerca de três décadas.  

Com a colaboração da Câmara Municipal da Nazaré e da Capitania do Porto da Nazaré, a agenda contemplou uma reunião de trabalho no Museu Dr. Joaquim Manso, a visita à sua exposição e ao Forte de S. Miguel Arcanjo, seguida do pavilhão onde está a ser restaurada a barca "Mimosa" e do estaleiro naval de António Luis Júnior, localizado no Porto de Abrigo. A visita ao porto incluiu a análise da maquete sobre o Canhão da Nazaré e a explicação do projeto municipal "Viver o Mar", no espaço CapMar - Centro de Apoio à Pesca e ao Mar.
Houve ainda a oportunidade para contatar com o artesanato local e a tradicional seca do peixe, que decorre no areal da Praia da Nazaré.

No final do dia, o Município presenteou os representantes do Museu das Pescas de Moçambique com uma miniatura de um barco de arte xávega.
Esta foi uma jornada de troca de experiências e conhecimentos entre os técnicos das várias instituições, nos domínios da museologia, do turismo, das pescas e das novas formas de exploração e preservação do mar.

Mais informação sobre o Museu das Pescas de Moçambique e aqui.

1 comentário:

  1. Interessante iniciativa!

    Isto é também um acto de Lusofonia!
    Parabéns.

    ResponderEliminar