Na Páscoa, jogou-se o tradicional jogo da Péla

“Na rua cheia de barcos, aquelas raparigas a jogar à péla, com seus gritos e saltos, espalhavam em volta uma alegria tão natural que já ninguém reparava.
Mas quando se calaram para em segredo escolherem outra vez parceiras – Queres o Sol ou queres a Lua? – um dos pescadores que estavam deitados na areia, ergueu a cabeça, ficando a olhar para elas (…)”

Branquinho da Fonseca, Mar Santo (1952)




No dia 7 de Abril, o Museu Dr. Joaquim Manso promoveu uma sessão do Jogo da Péla, com a participação da Universidade Sénior da Nazaré, elementos da população e funcionários do Museu.

Também designado por Jogo da Banca, este é um dos jogos populares desta vila piscatória, tradicionalmente praticado nas ruas durante a Páscoa. Ainda motiva os nazarenos, embora tenda a perder o carácter espontâneo de outrora, que mobilizava logo pela manhã os jovens para as ruas. Hoje, o próprio Município organiza este e outros jogos em eventos turísticos, junto à praia.

Duas equipas, separadas por uma caixa de sabão ou de peixe (Banca), têm com objectivo marcar pontos com uma bola de lona (Péla). À pergunta “Queres o Sol ou queres a Lua?” (ou outros pares), vão-se formando as equipas. Combina-se previamente o dinheiro da aposta e uma moeda atirada ao ar decide qual a equipa que joga em primeiro lugar e em cima, mais próximo da banca. Ganha a equipa que perfizer primeiro 31 pontos (tentos) e, tradicionalmente, o dinheiro reunido destinava-se à compra de amêndoas.

O Museu Dr. Joaquim Manso, associando-se às vivências locais, seleccionou a “Banca” como “Objecto do Mês” de Abril e dinamizou esta iniciativa mensal com a realização do jogo no Largo do Santuário de N. Sra. da Nazaré, depois de uma visita comentada à sua exposição. O resultado foi uma tarde de alegre convívio entre várias gerações, em que se tentou cumprir o desafio do museu como entidade educadora ao longo da vida, espaço de preservação de memórias locais, transportando-as para além da materialidade das suas paredes e colecções.










video

Sem comentários:

Enviar um comentário